11.1.15

E SE...

e se nos conectarmos a nossa essência
e se nos alinharmos ao nosso propósito
e se tornarmos-nos potência
trazer a mente para dentro do corpo
viver no presente
respirar plenamente

e se curarmos nossos ressentimentos
e se confiarmos na vida
e se vivermos no fluxo
sem emoções estagnadas
sem sermos marionetes de nossos hábitos
sem a prisão das crenças

e se nos responsabilizarmos por nossas emoções
por nossos pensamentos
por nossas ações
por nossas relações

e se sairmos do meio do caminho e atravessarmos a ponte e colocarmos os dois pés do outro lado e mudarmos de paradigma e criar um modo de viver, sentir e agir a vida que esteja totalmente conectado a natureza do ser humano, que também é parte da natureza, e todas as nossas ações e relações forem a favor da vida

e se formos corajosos
e se formos implacáveis
e se formos radicais

e se vivermos na alegria
e se nos sentirmos legítimos
e se nos aceitarmos incondicionalmente
e se nos amarmos incondicionalmente
e se aceitarmos e amarmos incondicionalmente tudo o que vibra vida

e se...

7 comentários:

Anônimo disse...

E se nos lembrarmos de tudo isto cada dia que passa.
E se cada um encontrasse os seus "e se..."
E se deixasse de haver "e se" era a Alquímia da Vida :)

Bom Ano

ana luize disse...

lindo, profundo, verdadeiro...

Ana Paula Delgado disse...

"E se", não. Já é! ;)

Emilia Alcântara disse...

e Sim Sagrado !
Sim... aqui e agora !
Sim a toda hora
E as águas do rio nunca são as mesmas...
Memórias, emoções, sangue...
Se renovam a todo instante!
Basta então usar a intenção
se aliar às águas e ao ar
purificar o planeta nesta alquimia arquimilenar... ser Sim mutante
E sim... e sim...
Amar

Ana, quero trazê-la a Minas para troca de experiências mas não encontro um email seu! Então anota o meu aí: emilia.satya@gmail.com
Gratidão por seus pensamentos, ações e intenções! Abraço

Marcelo dos Santos disse...

Olá, Ana! Sou Marcelo e dedico minha vida a um projeto que me fez encontrar um sentido de existir.

Viajei de bike por um ano pela América do Sul conhecendo realidades, buscando minha intuição, entendendo sobre as pessoas e seus mundo, e o mais importante: Descobrindo quem sou.

Nesse momento estamos descobrinodo um local para levantar nossa primeira casa: Um lugar de amor, onde não acreditamos mais no dinheiro, no preço e nas posses. É um projeto experimental no qual o foco são as crianças e não existem aulas ou oficinas. Tudo é fluido, natural e feito com Amor respirando a conexão com a natureza. Gostaria muito de saber mais sobre sua experiência. Também temos um blog!

Gratidão pela Atenção,

Marcelo dos Santos

http://casatotipah.blogspot.com.br/

Quel disse...

Que lindo e maravilhoso que vocês existem!

Cíntia Simon disse...

Seu texto sobre essa nova forma de viver é emocionante, belo e muito intenso!! Que maravilhoso que pessoas como você -e todos os que já atuam com você - estão plantando estas sementes! HÁ ESPERANÇA!!!!!!!!!!!!
Todo o amor a vc e sua linda familia. Vou continuar a "seguir" vc até poder visitá-los um dia... hopefully.
Abraços