13.10.10

ENSINAR NÃO TEM NADA A VER COM APRENDER!

tenho visitado muitas pré-escolas com ideias de incrementar e até de mudar praticas de nosso sistema educacional.
escolas que eliminaram as salas de aulas; outras que querem uma educação "mais livre"; escolas baseadas nos pensamentos de rudolf steiner; de maria montessouri; outras baseadas no construtivismo; em paulo freire; outras que enfatizam o brincar ao invés do estudar; porém todas, aos meus olhos, apresentaram o mesmo problema primordial; são escola dirigidas e protagonizadas por pedagogos.

arrisco em dizer que a culpa do fracasso de todas as mudanças em escolas que se dizem alternativas, caem nas costas do pedagogo, na verdade em geral, da pedagoga.

os pedagogos (as) querem ensinar, porem o que as crianças aprendem não é resultado do que lhes é ensinado, e qualquer mãe/pai, sabe disso!

as crianças aprendem por condições próprias que podem ser potencializadas com atividades, recursos e ambientes que lhes são apresentados.

quando uma criança percebe que é autora de suas descobertas, suas motivações, interesses, autonomia, e auto-confiança chegam a níveis elevadíssimos.

porem, isso é difícil para um pedagogo engolir, afinal de contas ele está ali presente, depois de ter estudado muito, construir suas certezas; e sendo geralmente um ser bastante carente que precisa de reconhecimento constante sobre sua inteligencia e sua dedicação ao trabalho tão pouco valorizado em termos financeiros (não tão pouco assim em certas escolas particulares), como em termos sociais.

eu já presenciei diversas vezes uma mesma cena da pré-escola a universidade.

o aluno, no meio da aula, cria uma sinapse e diz: acho que entendi como isso funciona!!! acho que é "assim" e "assado", não é!!!!
e o professor, em um tom quase intolerante com a audácia do aluno querer acreditar que descobriu algo por conta própria diz: mas é isso que eu tenho falado nesses últimos 6 meses!!! seu idiota (essa parte ele diz implicitamente).

assim é, depois de passar pela faculdade de pedagogia o professor não consegue ver um aluno aprender sem creditar a ele todos os méritos.
porque isso é tudo que lhe resta para manter um mínimo de dignidade em uma escolarização que trai o potencial das crianças.

lição importantíssima não ensinada na faculdade de pedagogia:

"é importante para pedagogia , não ser prisioneira de demasiada certeza, mas ao invés disso, estar consciente tanto da relatividade de seus poderes quanto das dificuldades de se traduzir suas ideias em pratica, Piaget já nos alertou que os erros e males da pedagogia vem da falta de equilíbrio entre os dados científicos e sua aplicação social". l.malaguzzi

outros ensinamentos que faltam a pedagogia:

é necessário reconhecer o protagonismo das crianças e a necessidade de manter a curiosidade e desejo de exploração inata a toda criança.
é importante reconhecer o limite profissional do professor que deverá estar sempre pronto a aprender com as crianças, e de jamais ter certezas demasiadas.

a desescolarização deveria ser matéria obrigatória para os pedagogos!!!

3 comentários:

Ana Cristina Duarte disse...

o problema não começa na legislação que obriga que toda escola seja dirigida por um pedagogo? ou algo do gênero?

Diretorio Materna disse...

Oi!
Começamos o Diretório de Blogs da Materna!
Venha seguir a gente e participar das promoções, blogagens coletivas e campanhas!
Se quiser anunciar produtos e serviços entre em contato através do email.
Seu blog já está no diretório! =)

um beijo
Rosana Oshiro

Renata Idargo disse...

Menina, que coisas lindas vc escreve.
Começo, junto a um grupo de mais 4 famílias, a desenvolver um programa de educação em casa, onde as crianças ficam juntas, brincam e tem um adulto por perto. A idéia é deixar que elas se realizem no brincar sem a interfer~encia do adulto. O que vc escreve, tem tudo a ver com o que estamos pensando para este programa. Estarei conectada para poder trocar com vc a respeito de nossas experiências.